E o Brexit, como vai?
E o Brexit, como vai?

E o Brexit, como vai?

Desde 31 de janeiro de 2020 o Reino Unido saiu oficialmente da União Europeia e agora passa por um período de transição que termina em 31 de Dezembro de 2020. Este período serve para que ambos os lados entrem em acordo sobre os termos em que o divórcio deve ocorrer, e também sobre o futuro da relação.

Na verdade isso vem sendo discutido desde 2016, ano em que o povo britânico votou pela saída do país do bloco, mas por uma série de questões burocráticas de um lado e incompetência do outro (Theresa May) a situação segue indefinida.

No início das tratativas o chamado “No deal” (saída sem acordo algum) era o pior cenário para os britânicos, porém o jogo virou. Explico:

O “No deal” agora assusta muito mais Bruxelas do que Londres. Desde 2016 a linha da União Europeia foi a de trabalhar com duas frentes, a primeira era de sabotar o Brexit, um segundo plebiscito chegou a ser cogitado, e a segunda frente era de impor uma punição exemplar de modo que outros países nem sequer cogitassem a ideia de sair do bloco.

Mas a realidade das ruas foi dura com a União Europeia e em dezembro último, Boris Johnson e os conservadores obtiveram uma vitória histórica nas urnas com duas pautas simples: Brexit e conservadorismo no governo.

Desta forma a União Europeia “perdeu” 4 anos enquanto o Reino Unido já assinou acordos comerciais com Japão, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Estados Unidos e Coreia do Sul, outros já estão no forno.

Agora o cenário de “No deal” é quase uma questão irrelevante e aproveitando o momento Boris Johnson deu um ultimato aos burocratas europeus: Acordo comercial até o dia 15 de Outubro ou nada! Os britânicos foram perfeitos na tempistica.

Angela Merkel precisa diálogar com 500 mil pessoas que estão protestando contra suas políticas e ainda tem a questão Putin-Nawalny… ou seja, a chanceler alemã anda ocupada.  Outro “ator” que poderia argumentar com os ingleses seria o presidente francês Emmanuel Mácron, porém este anda perambulando pelo Mediterrâneo como um adolescente buscando atenção e likes ( sem sucesso obviamente) atrás de algum protagonismo que o destino não lhe reservou, a Amazônia não lhe ensinou nada.

Com este cenário os ingleses a partir de 1 de janeiro de 2021 irão fazer o que eles sabem fazer de melhor, ou seja, acordos paralelos com países de cultura e moral semelhantes, Portugal por exemplo deve ser o primeiro país do bloco a assinar um acordo de livre comércio com o Reino Unido( Nas barbas da União Europeia), Itália e Grécia também estão na fila.

A importância deste ato e as consequências são de extrema relevância e outros países estão só esperando os desdobramentos para agir contra a entidade europeia.

Independente do acordo sair ou não a equipe do PHVOX estará através de seus programas no YouTube e aqui no site atualizando nossos seguidores por volta do dia 20 de Outubro próximo.

 

Ivan Kleber é correspondente internacional e apresentador do PHVox no Reino Unido.

Escrito por

Ivan Kleber Fonseca

7 Artigos

Correspondente internacional e apresentador do PHVox no Reino Unido.
Ver todos artigos

2 comentários em “E o Brexit, como vai?”

  1. Quando chegar o dia 15 de outubro eu queria muito poder ver a cara da globalista Ângela Merkel. Aposto que aquela tremedeira vai voltar.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *